Paulo Coelho O Aleph


O Aleph marca a volta de Paulo Coelho às origens. Num relato pessoal franco e surpreendente, ele revela como uma grave crise de  o levou a sair à procura de um caminho de renovação e crescimento espiritual.

Para se reaproximar de Deus, o mago resolve começar tudo de novo: viajar, experimentar, se reconectar às pessoas e ao mundo. E assim, entre março e julho de 2006, guiado por sinais, visita três continentes – Europa, África e Ásia –, lançando-se em uma jornada através do tempo e do espaço, do passado e do presente, em busca de si mesmo.
Ao longo da viagem, Paulo vai, pouco a pouco, saindo do seu isolamento, se despindo do ego e do orgulho e se abrindo à amizade, ao amor, à fé e ao perdão, sem medo de enfrentar os desafios inerentes à vida.
O livro em sí é confuso não sabemos onde começa ou onde termina um pedaço da história, pelo que deu pra entender do livro é uma pessoa em busca de novas formas de vida principalmente encontrar novamente aquela pessoa que marcou presença em sua vida no sentido do amor realmente é uma especie de reflexão sobre o mundo o que deixamos de aproveitar em relação aos outros países, novos costumes, novos povos, muita coisa nova que deixamos de aproveitar e se encontrar.
Falando sobre O Aleph Paulo Coelho e a cantora mexicana Anahí se uniram e criaram a musica Aleph a musica é da própria Anahí mas com parceria a Paulo Coelho surgiu a canção. Ela se encontra no Disco Mi Delirio Deluxe da canotra

0 comentários:

Postar um comentário